domingo, 13 de junho de 2010

O que é um Paradigma Espírita?


Muitos se perguntam ao entrar no nosso blog: Afinal o que é um "Paradigma Espírita". Com ajuda do Wikipédia, sintetizamos uma breve explicação para vocês leitores:

Um paradigma representa um conjunto de princípios, de normas, de idéias que formam um modelo, um padrão para determinado segmento da sociedade, em determinada época, tanto na área política, quanto na científica, na filosófica e na religiosa. Quando Allan Kardec, no século 19 sistematizou o Espiritismo, surgiram em suas pesquisas uma série de princípios que, reunidos, estabelecem o paradigma espírita, baseado nas leis da natureza, em seu aspecto extrafísico, o qual representa uma revolução consciencial para a humanidade de todas as épocas.

Para estabelecer o paradigma espírita torna-se necessário alinhar os princípios encontrados nas obras da codificação kardequiana, e que se encontram sintetizados em “O Livro dos Espíritos”:

  1. Deus: Criador de todas as coisas;
  2. Espíritos: seres inteligentes da natureza;
  3. Imortalidade da alma: a alma (espírito, pessoa) jamais deixará de existir;
  4. Dualidade dos corpos da alma: (corpo físico e corpo perispiritual);
  5. Pluralidade das existências corporais: o ser inteligente e imortal passa por uma série de existências;
  6. Pluralidade das dimensões espirituais (pluralidade dos mundos habitados);
  7. Penas e gozos futuros da alma de acordo com o mérito de cada um;
  8. Evolução progressiva moral e intelectual de todos os espíritos, tanto encarnados quanto desencarnados.
  9. Ética Cristã: Conjunto dos valores morais cristãos: caridade, humildade, mansidão, compaixão, perdão, pureza, bondade, verdade, honestidade, resignação, esperança, trabalho perseverante, paciência, tolerância, solidariedade, temperança e domínio próprio. O Reino de Deus em primeiro lugar. Tudo isso incluído na busca da santificação progressiva, da verdadeira evolução.
  10. Lei de Causa e Efeito: Tudo que o homem semear (de bem ou de mal) ele colherá.
  11. Comunicabilidade dos espíritos via mediunidade.
  12. Livre Arbítrio: Somos arquitetos de nosso destino.

Mediante os conceitos supracitados entramos no conhecimento do paradigma espírita, o qual representa uma revolução nos padrões espirituais do ocidente. Ele dilata a compreensão da vida e da morte, amplia a fraternidade e a solidariedade entre todos e representa uma realidade mais ampla desconhecida pela maioria das pessoas. Este paradigma, que é a soma dos conceitos básicos do Espiritismo, faz parte das leis da natureza, as quais são leis de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...